terça-feira, 30 de abril de 2013

Seminário de Estudos da Informação será realizado em maio

O Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal Fluminense realizará, de 22 a 24 de maio, o 3º Seminário de Estudos da Informação: Gestão do Conhecimento, da Informação e de Documentos em Contextos Internacionais.

O evento será sediado no Auditório Florestan Fernandes do Campus do Gragoatá, Bloco D, São Domingos, Niterói, e contará com a participação de especialistas, além da apresentação de pesquisas de mestrandos e doutorandos de diversas instituições de ensino do país.

Programação e instruções para inscrição estão disponíveis no endereço www.ci.uff.br/ppgci/seminario.

Comunidade acadêmica começa a se beneficiar de serviço mundial de acesso seguro à internet sem fio

O serviço mundial de acesso seguro à internet acadêmica sem fio, o eduroam (education roaming), coordenado pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) e adquirido por universidades brasileiras. As beneficiadas são UFF, UFC, UFSC, UFRGS, UFPA, Unicamp, Unesp, PUC-RS, UPF e o Museu de Astronomia e Ciências Afins (Mast) no Rio de Janeiro.

A iniciativa permite que os estudantes, os pesquisadores e as equipes das instituições participantes obtenham conectividade à internet, por meio de conexão sem fio (wi-fi) dentro de seus campi e em qualquer localidade que ofereça essa facilidade como provedora de serviço. Lançada no Brasil em 2012, reúne instituições de aproximadamente 60 países, unindo diversos usuários na troca de experiências e conhecimento.

O eduroam tem como objetivo facilitar o roaming da comunidade acadêmica pelo mundo, através das mesmas credenciais utilizadas pelo usuário na sua instituição de origem, através de mais de 8.200 pontos de acesso espalhados pelo mundo. Além da segurança, a facilidade é uma das vantagens da rede, que não requer inúmeros logins e senhas. É necessário apenas efetuar o cadastro na base do serviço e configurar o computador, celular ou tablet para detectar a rede sem fio de forma automática.

O único requisito para ter acesso ao serviço é estar homologado na Comunidade Acadêmica Federada (Cafe), que reúne instituições de ensino e pesquisa brasileiras. O processo de adesão compreende os seguintes passos: o envio de documento formal, com a designação do responsável pelo provedor de identidade, para atendimento@eduroam.org.br; e a assinatura do termo de adesão.

Mais informações em portal.rnp.br/web/servicos/eduroam.

segunda-feira, 29 de abril de 2013

Orquestra Sinfônica Nacional da UFF homenageia em concerto seu maestro fundador

A Orquestra Sinfônica Nacional (OSN) da UFF vai homenagear o seu fundador, músico, maestro, compositor e pianista brasileiro Alceo Bocchino, que morreu no dia 7 de abril, aos 95 anos. A homenagem será realizada com um concerto produzido pelo Centro de Artes UFF, no Teatro Municipal João Caetano, Centro, Niterói, no dia 7 de maio, às 12h30, no Projeto Hora do Almoço.

O evento mostrará um pouco mais da obra de Bocchino. Foi ele, junto com o pianista húngaro György Sándor, o primeiro a executar no Brasil os três concertos para piano de Bela Bartók. Também foi presidente da Comissão Artística da Orquestra Sinfônica Brasileira por quatro anos; regente da estreia brasileira do “Réquiem”, de Brahms; responsável pela estreia do “Quinto Concerto para Piano” e pela orquestra de Villa-Lobos, com a pianista Felicja Blumenthal.

No programa serão apresentadas pelo maestro e solista convidado Daniel Guedes, que é considerado um dos mais importantes músicos brasileiros de sua geração, duas composições do regente: “Seresta Suburbana para Cordas” e “Suíte-Miniatura Ballet”. Outras duas composições também estarão no programa: “Concerto para Violino e Orquestra de Cordas”, de Radamés Gnattali, e “Otum-obá”, de Nelson de Macêdo. O espetáculo tem custo de R$ 10 (inteira), R$ 5 (meia).

Biblioteca de Enfermagem promove cursos livres

O Programa de Cursos Livres (PCL) da Biblioteca da Escola de Enfermagem ocorrerá nos meses de maio, junho, setembro, outubro e novembro gratuitamente e com direito a certificado. Serão ministrados dois cursos por dia. O primeiro será no dia 23 de maio, das 9h às 12h e das 14h às 17h.

As inscrições estarão abertas de 7 a 15 de maio por meio do endereço inscricoes_benf@vm.uff.br e presencialmente na Biblioteca de Enfermagem da UFF, Rua Dr. Celestino, 74, 1º andar, Centro, Niterói.

O programa é um projeto de extensão cujo objetivo é oferecer às comunidades acadêmica e externa minicursos sobre diferentes assuntos de interesse geral.

Outras informações em http://bibliotecadaescoladeenfermagem-uff.blogspot.com.

sexta-feira, 26 de abril de 2013

Aula Magna com Muniz Sodré marcará início das atividades do curso de mestrado em Mídia e Cotidiano

No dia 7 de maio, às 19h, o curso de mestrado do Programa de Pós-Graduação em Mídia e Cotidiano da UFF fará a abertura do período letivo com Aula Magna apresentada pelo pesquisador e professor Muniz Sodré. O evento será realizado no Auditório Macunaíma do Campus do Gragoatá, Bloco B, São Domingos, Niterói.

Muniz Sodré é reconhecido por ser um dos mais atuantes pensadores na área de comunicação relacionada à cultura. Em sua longa trajetória acadêmica, o pesquisador foi presidente da Fundação Biblioteca Nacional, órgão vinculado ao Ministério da Cultura, durante cerca de seis anos, até 2011. Tem mais de 30 livros publicados, dentre eles, “Antropológica do espelho”, “Reinventando a cultura”, “As estratégias sensíveis – mídia, afeto e política” e “A narração do fato”.

A aula terá como tema “Comunicação e Cultura, Hoje” e está aberta a professores, pesquisadores, alunos e demais interessados. Outras informações pelo site www.ppgmidiaecotidiano.uff.br ou pelo e-mail ppgmc@vm.uff.br.

quinta-feira, 25 de abril de 2013

Aniversário de 19 anos da BCG

Há exatamente 19 anos, ou melhor, em 25 de abril de 1994, era criada a Biblioteca Central do Gragoatá formada pela reunião das coleções das antigas Bibliotecas de Ciências Humanas e Filosofia, Comunicação Social, Educação, Letras e Artes, e Serviço Social da Universidade Federal Fluminense.

Durante esse período, várias pessoas importantes contribuíram para o sucesso da BCG, que hoje, é a maior Biblioteca da Superintendência de Documentação da UFF, com um acervo de mais de 200.000 itens, considerada referência nas áreas de Ciências Humanas, Sociais Aplicadas, Linguística, Letras e Artes.

Assim, nesse dia tão especial e importante, gostaríamos de parabenizar todos àqueles que deram o seu melhor para tornar o que ela representa hoje para a Universidade Federal Fluminense, em especial aqueles que buscam a cada dia aperfeiçoar o legado deixado, melhorando os serviços prestados aos seus usuários.

PARABÉNS e vida longa à Biblioteca Central do Gragoatá, seus colaboradores e usuários!!!

Contagem Regressiva para os 20 Anos!!!!

Está é uma singela homenagem de toda a sua orgulhosa equipe.

quarta-feira, 24 de abril de 2013

Comunicado importante

A Biblioteca Central do Gragoatá comunica que está realizando uma reorganização do acervo de periódicos, no 3º andar, visando melhorar o acesso deste material nas estantes.

A BCG agradece e pede a compreensão de todos os usuários pelos eventuais transtornos durante a realização dos trabalhos.

Atividade para controle de pressão arterial ocorrerá no Campus do Gragoatá

Em comemoração do Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão, será realizada nesta sexta-feira, 26 de abril, atividade com o objetivo de informar e verificar a pressão arterial da comunidade universitária. O evento é organizado pela equipe multidisciplinar da Divisão de Promoção e Vigilância em Saúde (DPVS) e ocorrerá, das 9h às 17h, no Campus do Gragoatá, Bloco C, São Domingos, Niterói.

Na atividade serão distribuídos fôlderes informativos que trazem esclarecimentos sobre a doença. A hipertensão ou pressão alta é o problema de saúde pública mais grave em todo o mundo, e é causada pelo aumento da contração das paredes das artérias, o que dificulta a circulação sanguínea. Se não tratada, a doença pode causar insuficiência dos rins, do coração, além de levar a um acidente vascular cerebral. Apesar de a doença não ter cura, ela pode, no entanto, ser controlada. Para isso, recomenda-se que pacientes com pressão alta evitem o consumo de sal, tenham alimentação equilibrada, realizem exercícios físicos e não deixem de usar os medicamentos prescritos pelos médicos.

A hipertensão é uma doença genética, e em 90% dos casos não se conhece as causas para a sua manifestação. Sabe-se, no entanto, que a obesidade, o excesso de sal, a má alimentação e o estresse são fatores que podem contribuir para o aumento da pressão. Pessoas são consideradas hipertensas quando são diagnosticadas com pressão arterial igual ou superior a 140x90mmHg (14 por 9). Recomenda-se a verificação da pressão pelo menos três vezes ao ano, já que a doença não costuma ter sintomas aparentes.

Saiba mais sobre a hipertensão.

Confira também 15 dicas sobre a pressão arterial.

Bolsas Pibiti e PIBInova: inscrições até 13 de maio

Até o dia 13 de maio estarão abertas as inscrições para concessão de bolsas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (Pibiti/CNPq) e do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Inovação (PIBInova/PDI/UFF), para a vigência 2013/2014.

As inscrições serão realizadas pelo orientador acessando o endereço www.proppi.uff.br/bolsasagir e mediante a entrega dos documentos na Agência de Inovação (Agir) da Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação (Proppi).

O edital completo está disponível em www.proppi.uff.br, e é complementado pela RN 017/2006 do CNPq e pelo Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) da UFF.

Cead e Prograd divulgam edital de seleção de projetos para disciplinas de graduação on-line

A Coordenação de Educação à Distância (Cead), em parceria com a Pró-Reitoria de Graduação (Prograd) da Universidade Federal Fluminense, abrirá inscrições de 24 de abril a 14 de junho, para seleção de projetos para a criação de ferramentas que deem suporte às disciplinas à distância dos cursos presenciais de graduação.

O objetivo da iniciativa é ampliar o número de disciplinas semipresenciais oferecidas aos alunos de graduação da UFF, tornando mais eficiente a utilização dos recursos de tecnologia da informação disponíveis na plataforma Cead/Prograd.

Os projetos selecionados serão financiados pelo Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI-2013) da UFF, visando à produção e utilização de novas tecnologias educacionais.

A divulgação do resultado será realizada no dia 1º de julho, com a aprovação de até 15 projetos.

segunda-feira, 22 de abril de 2013

Sistema eletrônico vinculado à carteirinha, para entrada no Bandejão, é inaugurado na UFF

Nesta segunda-feira, 22 de abril, às 11h30, foi inaugurado um novo sistema de entrada para o Bandejão do Campus do Gragoatá. A partir deste dia, a carteirinha da UFF vai substituir os tíquetes vendidos para cada refeição. No local dos guichês de compra já está funcionando um terminal de recarga, no qual os usuários devem fazer a identificação da carteirinha por meio do chip e nome, e inserir os créditos na máquina.

Esse sistema eletrônico será introduzido em todas as unidades do Bandejão da universidade, mas ainda não há prazo determinado. As roletas para debitar os créditos e para controlar a passagem das carteirinhas, já estão instaladas e em funcionamento. O objetivo é reduzir as filas nos guichês, evitar a perda dos tíquetes e facilitar a compra. A máquina de recarga aceita todas as cédulas, mas não disponibiliza troco. Para aqueles que quiserem utilizar moedas, a compra deverá ser feita no guichê, que permanecerá no mesmo local.

Segundo Alessandra França, da Superintendência de Tecnologia da Informação (STI) da UFF, no site www.uff.br/carteirinha está disponível um guia de utilização, que explica como a novidade funcionará. “Alunos, funcionários e terceirizados podem solicitar a carteirinha. Visitantes, por enquanto, devem continuar usando o tíquete. Estudantes e docentes da pós-graduação da UFF ainda não podem usar o sistema porque não são cadastrados no Iduff – fazem parte de um sistema acadêmico próprio, o SisPos –, mas ainda neste semestre também serão incluídos”, explicou.

Os bilhetes em papel serão aceitos até o dia 22 de junho, mas a venda estará suspensa a partir do dia 22 de maio. Caso, ainda nessa data, esteja sobrando algum tíquete, ele poderá ser revertido em crédito para a carteirinha no ponto de atendimento. Os créditos disponibilizados no terminal do Bandejão são cumulativos, mas não valem para o sistema Rio Card.

Alunos recém-chegados, que ainda não possuem a carteirinha de estudante, ou em caso de esquecimento, poderão solicitar uma carteirinha provisória que serve para apenas uma refeição e no dia da compra, ou uma carteirinha temporária, válida por 45 dias.

A divulgação desse novo serviço será feita durante seis meses. Já estão espalhados pelo campus diversos cartazes contendo informações esclarecedoras. Além disso, em caso de outras dúvidas, pessoas responsáveis, que podem ajudar, inclusive no manuseio da máquina de recarga, dão orientação ao redor do restaurante.

UFF prepara atividade em comemoração do Dia Nacional da Mulher

Em 30 de abril é comemorado o Dia Nacional da Mulher. Em atenção à data, o Programa UFF Mulher preparou um evento no estacionamento do Campus do Valonguinho, Centro, Niterói, das 11h às 15h. A iniciativa, aberta à população, tem como objetivo, além de comemorar, promover uma reflexão acerca dos direitos que ainda devem ser conquistados pelas mulheres.

O evento trará atividades gratuitas de prevenção e capacitação sobre questões relativas à mulher para um amplo segmento da sociedade, dentre elas, orientações sobre o câncer de mama, doenças sexualmente transmissíveis, violência contra a mulher, informações nutricionais, oficina de fuxico e sachê, dança, terapia, além do sorteio de brindes.

A Pró-Reitoria de Extensão (Proex) da UFF motiva ações como esta, que levam à construção de uma sociedade mais justa. Nesse contexto é que foi criado o Programa UFF Mulher, pela Coordenação de Difusão e Fomento à Extensão, que visa dialogar com a sociedade e também motivá-la à participação.

A maioria das pessoas tem conhecimento apenas da data de 8 de março, em que se comemora o Dia Internacional da Mulher. Embora seja pouco divulgada, a criação do dia 30 de abril foi marcada por acontecimentos importantes. Nesse mesmo dia e mês, em 1880, nascia a mineira Jerônima Mesquita, que não se conformou com a situação à que as mulheres eram submetidas. A fim de promover mudanças, juntou-se a outras mulheres também insatisfeitas, e fundou, em 1947, o Conselho Nacional das Mulheres do Brasil, instituição que conquistou o direito ao voto. A criação da data só foi aprovada, após a mobilização de 300 mulheres, em 1972.

Outras informações no site www.proex.uff.br. A programação pode ser conferida em http://dia-nacional-da-mulher.jpg.

sexta-feira, 19 de abril de 2013

Programa Top China Santander Universidades divulga edital

A Diretoria de Relações Internacionais da UFF divulga o edital para seleção dos candidatos a bolsas do Programa Top China Santander Universidades 2013, destinadas a alunos de graduação e professores. Os interessados devem se inscrever no site do Santander www.santanderuniversidades.com.br/Bolsas/Paginas/default.aspx até o dia 12 de maio e no site da UFF www.mobilidadetopchina.uff.br até 13 de maio.

O programa tem como objetivo possibilitar a alunos e docentes da UFF a participação em programa acadêmico na China, em instituições de ensino superior das cidades de Pequim e Shangai Jiao Tong, proporcionando o contato com a língua e a cultura chinesas.

O Santander se compromete a conceder quatro bolsas para alunos e outra para um professor da universidade. Os selecionados terão direito a passagens aéreas Brasil-China-Brasil, hospedagem em alojamentos, três refeições diárias, contratação de seguro-saúde internacional e seguro de vida, além da reposição de despesas com transportes para as visitas previstas no programa oficial do curso e de eventuais tarifas acadêmicas incidentes sobre as atividades objeto do Programa Top China.

A seleção de bolsistas será realizada pelo Comitê de Bolsas do Programa de Mobilidade Acadêmica Internacional da UFF a partir do desempenho acadêmico do candidato, o rendimento, a progressão curricular e a proficiência em língua inglesa. No caso de professor, serão consideradas também a contribuição da experiência para sua área de atuação e a análise do currículo Lattes.


Edital do programa Auxílio-Publicação é divulgado

A Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação (Proppi) divulgou o edital do programa Auxílio-Publicação 2013, que tem como finalidade repor os gastos com os produtos de publicação científica, que exigem uma série de despesas, muitas vezes arcadas pelos próprios docentes. Além de servir para sinalizar o reconhecimento pela universidade do trabalho realizado, servindo como estímulo ao crescimento da área de pesquisas da UFF.

Para solicitar o apoio, o pesquisador interessado deverá acessar a página www.proppi.uff.br/efomento e preencher o formulário on-line até 24 de maio, anexando as publicações do ano de 2012. Podem ser premiados artigos publicados em periódicos Qualis A1, A2, B1 ou B2, procedimentos utilizados pela Capes para estratificação da qualidade da produção intelectual dos programas de pós-graduação, e classificados de acordo com as áreas de avaliação, além de livros e capítulos de livros científicos.

A participação depende de um vínculo entre o professor e a universidade. Caso seja aposentado, precisa estar vinculado a um programa de pós-graduação da UFF. No momento da solicitação, o pesquisador também deverá estar cadastrado em um grupo de pesquisa da UFF certificado junto ao Diretório de Grupos de Pesquisa do CNPq.

--> Consulte o edital do programa.

Inscrições abertas para novo edital do Propet UFF

A Pró-Reitoria de Graduação (Prograd) lança edital de seleção de propostas para a criação de cinco novos grupos do Programa de Educação Tutorial Institucional da Universidade Federal Fluminense (Propet/UFF). A inscrição deve ser feita pelos docentes candidatos a tutores e enviada exclusivamente para o e-mail gestorpet@proac.uff.br. O prazo vai de 15 de abril a 15 de maio.

A proposta visa à formação e implantação de grupos de educação tutorial com até 12 estudantes cada, orientados por um docente tutor para desenvolver atividades de ensino, pesquisa e extensão ligadas a cursos de graduação da UFF. Além de bolsas para estudantes, o programa oferece como benefício recursos para aplicação em materiais de consumo e permanente e auxílio financeiro para participação de alunos membros em congressos e eventos. O resultado final da seleção deverá ser divulgado em 24 de maio.

--> Acesse o edital.

Outras informações pelo telefone 2629-5080 ou pelo e-mail gestorpet@proac.uff.br.

quinta-feira, 18 de abril de 2013

UFF promove conferência sobre rituais xiitas da ‘ashura’

O Programa de Pós-Graduação em Antropologia promoverá no dia 24 de abril, às 15h, a conferência "Os rituais xiitas da ‘ashura’: uma perspectiva comparativa", ministrada pela professora Sabrina Mervin, pesquisadora da L'Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales. O evento será realizado no auditório do Instituto de Ciências Humanas e Filosofia, Campus do Gragoatá, Bloco O, São Domingos, Niterói.

A conferência, organizada pelo Núcleo de Estudos do Oriente Médio, coordenado pelo professor Paulo Gabriel Hilu da Rocha Pinto, será realizada em francês com tradução simultânea para o português e é aberta ao público.

Edital de bolsa para estudantes ingressantes é divulgado

A Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (Proaes) divulgou o edital do Programa Bolsa Acolhimento para Estudantes Ingressantes no primeiro semestre de 2013. Foram disponibilizadas 200 vagas, e o valor da bolsa é de R$ 350,00. O prazo de vigência do programa é até 31 de dezembro de 2013.

A inscrição para o processo de seleção será realizada exclusivamente por meio eletrônico no Sistema de Bolsas (Sisbol) e preenchimento completo do questionário socioeconômico on-line disponível em https://sistemas.uff.br/bolsas.

Os estudantes interessados devem seguir todas as orientações estabelecidas no edital.

Ministério dos Esportes apresenta nova proposta do Programa Segundo Tempo para Consórcio Acadêmico Rio 2016

Com vista ao legado dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2016 no Rio de Janeiro, o secretário nacional do Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social do Ministério do Esporte (ME), Vicente Neto, anunciou ampliação do Programa Segundo Tempo Universitário, que a partir de agora contará com mais recursos financeiros. O programa será realizado, não por edital de convocação, mas por adesão de proponentes específicos, o que implica maior celeridade no processo e na execução das atividades propostas.

“O Programa Segundo Tempo Universitário chama a atenção por estar em uma fase nova. Há mais recursos para equipamentos e para suporte nas áreas acadêmicas. Convido as instituições a abusarem da criatividade na hora de propor”, destacou o secretário durante reunião realizada nesta segunda-feira, 15 de abril, na Sala do Conselho Universitário da UFRJ, na Cidade Universitária, com a presença do reitor da Universidade Federal Fluminense, Roberto Salles, e de representantes do Consórcio Acadêmico Rio 2016, formado pela UFF e por outras sete instituições federais de ensino fluminenses.

Voltado para o público universitário adulto, o Programa Segundo Tempo Universitário visa à democratização do acesso à prática e à cultura do esporte para a promoção do desenvolvimento integral de crianças, jovens e adolescentes. Para alcançar essas metas, o ME disponibiliza recursos para aquisição de equipamentos esportivos e para promoção de eventos científicos necessários ao desenvolvimento das ações selecionadas. Segundo Vicente Neto, em 2013, a secretaria tem um orçamento de R$ 200 milhões para investimentos.

As instituições federais de ensino interessadas em participar do programa devem apresentar suas propostas até o fim do mês de maio, para que as parcerias estejam assinadas até julho deste ano. Para agilizar o processo, o ME se comprometeu a enviar equipes técnicas para avaliação das propostas das instituições de ensino ainda no mês de abril.

Vicente Neto frisou, ainda, que o Programa de Esporte e Lazer na Cidade (Pelc), também vinculado ao ME, garante atividade física, recreativa, cultural e lúdica para a comunidade. A novidade fica por conta da ampliação do prazo do convênio, que foi estendido de um para três anos.

Por meio do Pelc, é possível viabilizar não somente a compra de equipamentos como também o pagamento dos profissionais envolvidos nos projetos dos diferentes núcleos participantes. Por ter uma estrutura mais flexível, o Pelc comporta projetos de naturezas distintas, que vão do esporte à cultura, com núcleos que podem funcionar em órgãos públicos federais, onde se situam as universidades e institutos de educação, além das esferas estaduais, municipais das organizações não governamentais.

Estiveram presentes ao encontro professores de diferentes unidades da UFF, incluindo o Instituto de Educação Física, a Faculdade de Psicologia, Faculdade de Turismo e Hospitalidade e o Colégio Universitário Geraldo Reis, além da deputada federal (PCdoB) Jandira Feghali; do diretor do Ministério do Esporte, Ricardo Cappelli; do reitor da UFRJ, Carlos Antônio Levi; do diretor-geral do Cefet-RJ, Carlos Henrique Figueiredo Alves; do reitor do IFF, Luiz Augusto Caldas Pereira; e do vice-reitor da Uni-Rio, José da Costa.

Consórcio discute apresentação do PDC

Após a apresentação do Ministério dos Esportes, na parte da tarde, o reitor Roberto Salles discutiu com os dirigentes das instituições federais de ensino superior presentes, os próximos passos para a elaboração do Plano de Desenvolvimento do Consórcio Acadêmico Rio 2016 (PDC). Na ocasião, Salles apresentou, ainda, um caderno com pré-projetos de diversas áreas acadêmicas da universidade, com ações voltadas à realização dos Jogos Olímpicos, que abrangem propostas ligadas a cursos como Educação Física, Medicina, Antropologia, Turismo, Direito, Letras e Pedagogia.

Os representantes do consórcio voltarão a se reunir no dia 24 de abril, na UFF, para apresentação das propostas que servirão de base para formulação do PDC, que deverá ser apresentado ao MEC e à Autoridade Pública Olímpica até o fim do mês. A ideia é unificar um projeto que englobe os participantes do consórcio, tendo como norte propostas que contemplem capacitação de mão de obra para apoio na organização dos jogos e levem em consideração os impactos gerados para a cidade.

terça-feira, 16 de abril de 2013

Programa de Acolhimento Estudantil acontece em clima de festa

Os novos estudantes da Universidade Federal Fluminense foram recepcionados nesta segunda-feira, 15 de abril, no Campus do Gragoatá, em São Domingos, pelo Programa de Acolhimento Estudantil (PAE) da Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (Proaes). O tema dessa edição foi “Recebendo energia positiva”, e os calouros foram recebidos por estudantes do curso de Turismo e orientados sobre o local das matrículas. Após a inscrição em disciplinas, os calouros foram convidados a participar de várias atividades.

O reitor Roberto Salles e o vice-reitor Sidney Mello prestigiaram o evento. "O acolhimento é sempre esta festa, um espaço para os estudantes conhecerem a universidade, as oportunidades que existem e de interação entre veteranos e calouros", explicou Mello. "Este ano trouxemos estudantes do ensino médio para apresentarmos a UFF e para mostrar o que os espera quando terminarem a escola", completou.

O Projeto Vida de Estudante, que cuida da promoção da saúde e da qualidade de vida do estudante na graduação, distribuiu cartilhas com orientações sobre transtornos alimentares, dengue, hipertensão e ansiedade. Além disso, ofereceu ao público uma oficina de auriculoterapia, muito indicada para quem sofre de dor de cabeça, ansiedade, dores na coluna, cólica menstrual e insônia.

O estande do curso de Biomedicina forneceu informações sobre prevenção e tratamento de diabetes mellitus e combate à dengue. Os visitantes também puderam medir sua pressão arterial e realizar testes de glicose. O caixoscópio, uma caixa com tubo ocular, permitiu aos calouros visualizar imagens de diversos tipos de parasitas.

A Superintendência de Documentação (SDC), responsável pela coordenação do sistema de bibliotecas e arquivos da UFF, distribuiu material explicativo sobre os serviços prestados. As bibliotecárias orientaram os novos alunos a consultar o acervo completo de todas as bibliotecas no catálogo eletrônico (www.sdc.uff.br/consulta), além das teses e dissertações de todas as universidades e o portal de periódicos da UFF, acessíveis em www.ndc.uff.br.

Um grupo de teatro realizou encenação para os novatos conhecerem os tipos de bolsas oferecidos pelo Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (Pibic), promovido pela Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação (Proppi). Também deram informações a respeito do Programa Jovens Talentos para a Ciência, da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

O Núcleo de Acessibilidade e Inclusão (Nais) - "Sensibiliza UFF"  expôs o material inclusivo criado por sua equipe e direcionado principalmente a pacientes com deficiência visual. Placas para leitura em braile, objetos táteis em 3D (fabricados em porcelana fria) e objetos táteis em 2D (fabricados em acetato) são usados para confeccionar mapas e maquetes usados em salas de aula. Cerca de 130 alunos deficientes são atendidos pelo núcleo. Preocupado com a capacitação de professores e graduandos, o "Sensibiliza UFF" distribuiu folders sobre a oficina de inclusão, direcionada a profissionais e alunos de licenciatura, especialização, mestrado e doutorado.

Estudantes estrangeiros tiveram atividades específicas

A Divisão de Relações Públicas da Superintendência de Comunicação Social (SCS) organizou o acolhimento de estudantes estrangeiros do Programa de Estudantes - Convênio de Graduação (PEC-G), provindos da América Latina e da África. Uma palestra apresentou a UFF e deu informações sobre moradia, sobre o restaurante universitário, bolsas estudantis e outros recursos disponibilizados aos estrangeiros que ingressam na universidade pelo programa.

Alunos veteranos que entraram pelo PEC-G participaram de um bate-papo com os calouros estrangeiros e partilharam suas experiências até o momento. Na parte da tarde, os estrangeiros foram guiados em um tour pela cidade de Niterói e puderam conhecer os campi da UFF e alguns pontos turísticos, como o Museu de Arte Contemporânea (MAC), a Praia de Icaraí, a Igreja de São Francisco Xavier, a Praia de Charitas, a Fortaleza de Santa Cruz e o Caminho Niemeyer. A equipe Tufão Baja SAE, da Escola de Engenharia,  expôs o protótipo de seu veículo off-road para o público presente.

O Centro Regional Integrado de Atenção ao Adolescente da UFF (Criaa) marcou presença dando ao público informações sobre o trabalho feito com pacientes adolescentes e familiares no combate à violência e à dependência química. A bateria do bloco Unidos pela Gentileza animou os calouros e o Circo Trapézio montou uma cama elástica e ofereceu aulas de malabarismo, slackline e trapézio para o público.

Nova carteirinha UFF agilizará acesso a bibliotecas e restaurantes universitários

A partir do dia 22 de abril, o acesso às bibliotecas e aos restaurantes da UFF será automatizado e os usuários serão atendidos de forma rápida e simplificada. Com a implantação do sistema inteligente integrado ao IdUFF, a expectativa é que a nova carteirinha UFF possa ser utilizada ainda em 2013 por estudantes da pós-graduação.

Entre os inúmeros benefícios estão a automatização do processo de recarga e consequente redução das filas nos restaurantes universitários; geração de relatórios customizados, permitindo a otimização dos serviços; agilização no sistema de empréstimo e devolução de livros, além de melhor controle do acervo de livros da universidade.

A adaptação ao novo modelo de identificação se dará entre os dias 22 de abril e 22 de junho, período em que ainda será permitida a entrada nos restaurantes com tickets de papel. O sistema que funcionará, inicialmente, no restaurante do Gragoatá e na Biblioteca Central do Gragoatá, será futuramente estendido a toda a universidade, inclusive nos campi fora da sede.

Toda operação será monitorada e acompanhada por técnicos das superintendências de Tecnologia da Informação (STI) e de Documentação (SDC) e a Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (Proaes). Outras informações podem ser obtidas em www.uff.br/carteirinha.

quinta-feira, 11 de abril de 2013

STI convida comunidade da UFF para atualização de dados sobre serviços da universidade

O site ‘Carta de Serviços ao Cidadão’ reúne os serviços prestados pela Universidade Federal Fluminense com o objetivo de facilitar a vida do cidadão na busca por informações sobre a instituição. A fim de mantê-lo com informações corretas, a Superintendência de Tecnologia da Informação (STI) pede a colaboração da comunidade da UFF para o cadastramento e atualização de dados sobre os serviços oferecidos pelos setores. O site pode ser acessado por servicos.uff.br/temas.

Como um catálogo online, ‘Carta de Serviços ao Cidadão’ apresenta, por tópicos, uma breve descrição, o órgão responsável, os contatos, as dúvidas mais frequentes e a legislação associada a cada serviço. A ideia é que o cidadão saiba se o serviço que ele procura é de fato oferecido e conheça os meios pelos quais pode entrar em contato com os realizadores da atividade. Por exemplo, no item “Pré-vestibular”, os usuários podem acessar os dados referentes aos cursos pré-universitários oferecidos na UFF.

Por meio da seção “Envie o seu serviço”, professores, funcionários e servidores técnico-administrativos podem contribuir com o banco de informações preenchendo o formulário também disponível em tinyurl.com/c7e3me7.

Segundo João Fanara, coordenador do setor de mídia da STI, este é um canal de informação direta, que organiza o conteúdo por serviços, para além da divisão por setores. Fanara acrescenta que o site é também uma ferramenta que possibilita a avaliação da qualidade das atividades prestadas e dos canais de atendimento. Isso porque o site tem um fórum no qual os usuários podem atribuir notas aos serviços, deixar sugestões e comentários, possibilitando a interatividade com o cidadão e a participação da comunidade na elaboração do portal. Em pouco mais de um ano de existência, o site vem consolidando público e obtém, em média, 300 visitas diárias.

O formato do site ‘Carta de Serviços ao Cidadão’, que sugere uma navegação mais intuitiva, segue as diretrizes previstas no Decreto n° 6.392, de 11 de agosto de 2009, que institui a criação de uma Carta de Serviços ao Cidadão para cada órgão do serviço público federal. Entre outras medidas, o chamado “decreto cidadão” propõe facilitar o atendimento público prestado à sociedade, com o uso de soluções tecnológicas simples e de linguagem acessível.

Outras informações sobre o site ‘Carta de Serviços ao Cidadão’ podem ser obtidas pelos telefones do setor de mídia do STI: 2629-3839 (ramal para o público interno da UFF) 2629-2042 (público externo) ou pelo e-mail: midia@id.uff.br.

quarta-feira, 10 de abril de 2013

Projetos da UFF são apresentados em reunião sobre Consórcio Acadêmico Rio 2016

O pró-reitor de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação, Antonio Claudio da Nóbrega, recebeu professores e dirigentes de núcleos e unidades acadêmicas da UFF para uma reunião na tarde desta terça-feira, 9 de abril. O objetivo foi abrir espaço para a apresentação de projetos de diversas áreas do conhecimento que deverão compor a proposta da UFF para o Consórcio Acadêmico Rio 2016.

O consórcio tem como meta elaborar ações voltadas aos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2016. Alinhadas aos eixos apontados como prioritários pelos ministérios da Educação (MEC) e dos Esportes e pela Autoridade Pública Olímpica, as propostas precisam considerar os impactos gerados para a cidade e para a população. As iniciativas também devem atender a questões como a capacitação da mão de obra e a criação de projetos específicos para os jogos, podendo ter suporte financeiro do MEC caso aprovadas.

A direção do Colégio Universitário Geraldo Reis (Coluni) apresentou duas propostas. A primeira foi reformar a quadra de esportes do colégio, a fim de possibilitar a prática esportiva de seus próprios alunos e de pessoas integrantes da comunidade acadêmica da UFF. Outra ideia é utilizar a quadra para realizar as Olimpíadas do Coluni, com participação estendida a todos os estudantes das escolas municipais e estaduais de Niterói.

A segunda proposta aborda a criação nas dependências do colégio universitário de uma sala de audiovisual interativa. O objetivo seria possibilitar o desenvolvimento de metodologias alternativas e inovadoras voltadas à aquisição e à difusão de conhecimento para as comunidades acadêmicas da UFF, para as redes públicas estaduais e municipais e para a sociedade em geral.

O curso de Antropologia propôs um convênio, uma articulação da UFF com a Academia Olímpica Internacional para atuar de forma concreta na melhoria da qualidade do ensino e desenvolver pesquisas acadêmicas sobre a área esportiva em conjunto com todas as instituições envolvidas no consórcio acadêmico.

O Departamento de Turismo sugeriu um projeto de pesquisa do Observatório do Turismo, criado para monitorar o setor na capital e nas demais cidades do Estado, trabalhar dados estatísticos e indicadores e realizar estudos sob uma perspectiva econômica, cultural, social e antropológica. Desta forma, foi proposto realizar um levantamento e acompanhamento dos impactos socioeconômicos provocados pelo aumento do fluxo de turistas no Estado durante os Jogos Olímpicos. A ideia é que o estudo analise desde o período anterior, durante os jogos até os dois anos posteriores para definir se os impactos serão duradouros ou não.

O Núcleo de Acessibilidade e Inclusão (Nais) - "Sensibiliza UFF"  apresentou o “Programa de acessibilidade e inclusão da UFF Rio 2016”. A intenção é ministrar cursos de libras e braile para 750 pessoas, oficinas sobre transporte de pessoas com deficiência para cerca de cem mil motoristas de ônibus e taxistas e oficinas de confecção de materiais informativos para pessoas com deficiências. Também foi indicada a criação de um selo de acessibilidade para certificação de centros culturais, hotéis e restaurantes, além da edição de um guia de acessibilidade.

O projeto apresentado pela Faculdade de Direito foi a criação do “Centro de Mediação e Atendimento ao Consumidor Turista”, a princípio em convênio com a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). A proposta se justifica porque o turista é um consumidor que se encontra fora de seu país de origem e está em situação de especial vulnerabilidade. Esses consumidores necessitam, portanto, de atendimento diferenciado, informação especializada e facilitação do acesso à Justiça.

O prazo para que as versões finais dos anteprojetos sejam encaminhadas é até as 20h desta quinta-feira, 11 de abril, devendo conter os tópicos seguintes:  título e equipe; introdução e justificativa (máximo de 20 linhas); objetivo (máximo de 5 linhas); método de execução (máximo de 10 linhas); cronograma de execução e orçamento.

O conjunto dos anteprojetos irá compor a proposta consolidada a ser apresentada em reunião com representantes do Ministério dos Esportes na próxima segunda-feira, 15 de abril, na Reitoria da UFRJ. Também estarão presentes representantes da Uni-Rio, da Universidade Federal Rural, do Cefet/RJ, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia, do Instituto Fernandes Figueira/Fiocruz e do Colégio Pedro II,  que são as outras instituições participantes do consórcio.

Participaram do encontro o pró-reitor de Planejamento, Heitor Moura; o pró-reitor de Extensão, Wainer da Silveira; o diretor da Escola de Extensão, Antônio Lyra; a diretora de Relações Internacionais, Lívia Reis; o chefe do Departamento de Turismo, Carlos Alberto Lidizia; a diretora do Coluni, Iduína Chaves; a coordenadora do Núcleo de Direito do Consumidor da UFF, Fabiana Ramos; o coordenador do Núcleo de Pesquisa sobre Esporte e Sociedade da UFF, Luiz Fernando Rojo; o coordenador da Superintendência de Tecnologia da Informação Helcio Rocha; a representante do Nais – “Sensibiliza UFF”, Cristina Delou; o professor da Escola de Arquitetura e Urbanismo, Guilherme Figueiredo e os professores Osiris Ricardo Marques e João Evangelista Monteiro, ambos do Departamento de Turismo.

terça-feira, 9 de abril de 2013

Inest reúne especialistas em debate sobre a memória da ditadura militar no Brasil

O Instituto de Estudos Estratégicos (Inest) da UFF irá realizar em 25 de abril, às 10h, o debate “A velha e a nova direita e as disputas pela memória sobre a ditadura”, no Auditório Florestan Fernandes, Campus do Gragoatá, Bloco D, São Domingos, Niterói. O objetivo será discutir a maneira como, nos últimos anos, os setores conservadores, tanto civis quanto militares, da sociedade brasileira têm procurado reinventar a memória sobre o período ditatorial e sobre a repressão política.

Os conservadores tentam justificar a ditadura afirmando que ocorreu em nome da “defesa da pátria” ou dizendo que no Brasil a repressão foi mais “branda” que nos sistemas similares implantados nos países vizinhos. Criticam também os trabalhos da Comissão Nacional da Verdade, criada pelo governo federal para investigar os vários crimes e violações aos direitos humanos ocorridos no período entre 1946 e 1988 (a ditadura aconteceu entre 1964 e 1985).

Entre outras questões debatidas, os especialistas vão demonstrar que atualmente existe um fenômeno político relevante de crescimento das ideias de direita entre segmentos da juventude brasileira. Tem havido, inclusive, a tentativa de recriar a Arena, sigla do partido político “Aliança Renovadora Nacional”, criado em 1965, que apoiou o governo ditatorial. Recentemente, o assunto obteve grande repercussão na mídia nacional.

O evento contará com a participação de renomados historiadores, com vários livros e artigos publicados sobre o período ditatorial e a respeito do pensamento e dos movimentos de direita no Brasil. Os professores participantes serão Francisco Carlos Teixeira da Silva (UFRJ), Samantha Quadrat (UFF) e Ricardo Mendes (Uerj). Os interessados podem realizar as inscrições pelo site www.inest.uff.br/index.php/not/498-inest-realiza-evento-sobre-a-ditadura-militar.

sexta-feira, 5 de abril de 2013

UFF é segunda instituição científica com mais projetos aprovados pela Faperj

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj) divulgou o resultado da edição 2012.2 da modalidade Auxílio à Pesquisa (APQ 1). Foram aprovados 329 projetos coordenados por pesquisadores de 30 instituições tecnológicas sediadas no Estado do Rio de Janeiro. A instituição com mais projetos aprovados foi a UFRJ com 112 projetos, seguida pela Universidade Federal Fluminense com 52 projetos e a Uerj com 38.

Para o pró-reitor de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação da UFF, Antônio Claudio Lucas da Nóbrega, “esse resultado inédito nos consolida como segunda instituição de pesquisa do estado e resulta da sinergia entre a excelência da atividade dos pesquisadores da instituição e os programas de incentivo e apoio à pesquisa da Proppi, como os voltados à redação de projetos, prestação de contas e apoio financeiro”.

Os projetos aprovados pela Faperj mostram o grande avanço da UFF na captação de recursos de fomento para pesquisa. Os resultados mostram um aproveitamento de 53% dos projetos na UFF, contra 65% na UFRJ e 48% na Uerj. A Universidade Federal Fluminense espera aumentar o número de projetos aprovados na Faperj nas próximas edições.

A chefe da Divisão de Pesquisa da Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação da UFF, Giselle Faria, considera o resultado “um beneficio para a universidade, pois o financiamento dos projetos aprovados irá permitir aos doutores adquirir equipamentos para reforçar suas pesquisas e aumentar a produção acadêmica da UFF”.

--> Confira a listagem completa no site da Faperj.

Proppi apresenta novos cursos de pós-graduação

A Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação (Proppi) apresentou, nesta quinta-feira, 4 de abril, os novos cursos de pós-graduação stricto sensu da UFF: doutorado em Ciências Aplicadas a Produtos para a Saúde; mestrados acadêmicos em Cultura e Territorialidades, Odontologia e Tecnologia Ambiental; e mestrados profissionais em Administração, Diversidade e Inclusão e Engenharia de Produção e Sistemas Computacionais.

O coordenador de Pós-Graduação Stricto Sensu da Proppi, José Walkimar Carneiro, destacou que todas as propostas para a criação de cursos de pós-graduação enviadas pela UFF no ano passado conseguiram a aprovação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), órgão do MEC responsável pela homologação de cursos stricto sensu. “Nós temos o orgulho de informar que todas as nossas propostas encaminhadas pela UFF em 2012 foram aprovadas. Nós tivemos cinco propostas de mestrado e uma de doutorado”, anunciou.

Carneiro enfatizou ainda que o aspecto qualitativo dos cursos é o principal enfoque da universidade, e que a Proppi acompanhou de perto a elaboração de todas as propostas. “Nós fazemos, desde o início de 2012, o acompanhamento dos grupos que organizaram a criação desses projetos de pós-graduação. Não queremos muitos cursos, nós queremos cursos muito bons”, afirmou o coordenador.

O pró-reitor de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação, Antônio Claudio da Nóbrega, ressaltou que a nova política da Proppi é atuar em parceria com os grupos que elaboram os novos cursos, e não apenas aprovar ou desaprovar propostas, e que essa a nova postura adotada pela pró-reitoria certamente contribuiu para a aprovação de todos os projetos. “Desde que adotamos essa nova política, a Proppi não fica apenas buscando a adequação ou regulamentação de programas, de maneira cartorial, pois queremos atuar em conjunto com os movimentos das unidades, na criação de projetos fortes e estruturados”, explicou.

O pró-reitor também valorizou o fato de que quatro dos seis cursos de pós-graduação estão sediados nos polos do interior, o que evidencia a consolidação do processo de expansão da UFF por todo o Estado do Rio de Janeiro. “Quatro dos programas aprovados são de unidades fora da sede, o que mostra que o projeto de interiorização se fortalece e se consolida, não só como um espalhamento da universidade, mas como uma interiorização plena, indo além dos cursos de graduação.

Encerrando a apresentação, o vice-reitor Sidney Mello parabenizou a dedicação dos grupos de pesquisa que trabalharam na formatação dos projetos de pós-graduação e destacou que essa iniciativa contribui para o fortalecimento do nome da UFF no cenário nacional. “Gostaria de parabenizar os grupos de pesquisa que se empenharam na criação desses novos cursos. A competitividade no cenário nacional é cada vez maior, e é preciso ter muita dedicação para entrar numa competição dessas, e ainda mais para permanecer. São iniciativas como essa que fazem a UFF ter um nome forte em todo o país”, destacou.

O vice-reitor acrescentou ainda que, além do crescimento da UFF no viés da infraestrutura física, a elevação no nível qualitativo dos cursos ocorreu, principalmente, com a chegada de novos professores à universidade. “A UFF promoveu nos últimos anos uma das maiores expansões do país do ponto de vista de infraestrutura física, mas, sobretudo, no ingresso de novos docentes, e a qualificação desses docentes implica, invariavelmente, a qualificação dos nossos cursos”, concluiu.

Criação da Faculdade de Turismo e Hospitalidade da UFF é aprovada

No dia 27 de março foi aprovada pelo Conselho Universitário (CUV) da UFF a criação de uma nova unidade de ensino: a Faculdade de Turismo e Hospitalidade, que será sediada no Campus do Gragoatá, em Niterói.

A nova unidade pretende atender às demandas de crescimento e autonomia do Departamento de Turismo, que atualmente é vinculado à Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Turismo e oferece o curso de bacharelado em Turismo, o curso superior de Tecnologia em Hotelaria e a pós-graduação MBA em Gestão de Empreendimentos Turísticos.

Segundo o chefe do Departamento de Turismo, Carlos Alberto Lidizia, “a nova unidade virá em um cenário propício, além de beneficiar os alunos, a universidade estabelecerá uma relação com a sociedade, que cada vez mais precisa de bons profissionais nessa área”.

Este ano, o Departamento de Turismo comemora o aniversário de dez anos do seu primeiro curso, o bacharelado em Turismo, oferecido em Niterói.

quinta-feira, 4 de abril de 2013

Questionário - Portal SDC


Com o objetivo de criar um serviço que atenda com eficiência e eficácia os seus usuários facilitando o acesso às informações desejadas, a Superintendência de Documentação busca coletar dados que nos ajudarão a conhecer as necessidades de informação e fornecer um serviço centrado neste usuário. Mais.

quarta-feira, 3 de abril de 2013

Programa de Acolhimento Estudantil vai recepcionar calouros no Campus do Gragoatá

O Programa de Acolhimento Estudantil recebe, a cada ano, os novos estudantes que ingressam na Universidade Federal Fluminense com o objetivo de dar-lhes as boas vindas. Várias atividades e palestras são promovidas para apresentar aos calouros o meio universitário e diversos projetos desenvolvidos pela UFF. A edição 2013 do programa terá o tema “Recebendo Energia Positiva” e será realizada em 15 de abril, no Campus do Gragoatá, São Domingos, Niterói.

Os calouros serão recepcionados por estudantes do curso de Turismo que vão orientá-los e informar o local específico das matrículas. Após a inscrição em disciplinas, os calouros serão convidados a participar das atividades.

--> Consulte a programação.

Os estudantes das unidades do interior nas cidades de Campos dos Goytacazes, Santo Antônio de Pádua, Nova Friburgo, Angra dos Reis, Volta Redonda e Rio das Ostras serão recepcionados em seus respectivos polos com atividades diferenciadas.

Programa de Moradia Estudantil em Niterói tem inscrições abertas

A Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (Proaes) informa que estão abertas até 30 de abril as inscrições para o processo seletivo de vagas para a moradia estudantil de Niterói. Estarão disponíveis 120 vagas no 1º semestre letivo de 2013 e outras 18 vagas para os estudantes residentes da Casa do Estudante Fluminense. A inscrição será realizada exclusivamente por meio eletrônico disponível em sistemas.uff.br/bolsas.

Os candidatos poderão ser convocados para entrevista que será realizada com assistente social. Após análise socioeconômica, os alunos selecionados passarão obrigatoriamente por uma avaliação clínica. A vaga ficará condicionada à apresentação de frequência mensal às aulas e ao pleno cumprimento do Regimento Interno da Moradia Estudantil.

O programa tem como objetivo ampliar as condições de permanência dos estudantes dos cursos de graduação presencial das instituições federais de ensino superior, além de atender àqueles que estão em situação de vulnerabilidade socioeconômica e residem em municípios distantes, contribuindo para a melhoria do empenho acadêmico desses alunos.

Curso de Agente Patrimonial tem data alterada para 30 de abril

A Coordenação de Administração Patrimonial (CAP), vinculada à Prefeitura Universitária, transferiu a realização do curso para agentes patrimoniais para o dia 30 de abril, das 14h às 17h30, no Auditório Macunaíma do Campus do Gragoatá, Bloco B, 4º andar, São Domingos, Niterói.

Para participar, o servidor terá de ser previamente designado por uma Determinação de Serviço, cuja cópia digitalizada deverá ser encaminhada até 19 de abril para o e-mail patrimonio@preuni.uff.br, com o assunto “Participação em curso de agente patrimonial”. No corpo da mensagem, é preciso que constem, ainda, os telefones, incluindo celulares, para envio eventual de avisos via SMS. A listagem oficial dos inscritos será emitida uma semana antes da realização da capacitação.

Voltado aos servidores da Universidade Federal Fluminense, responsáveis por gerenciar e administrar os bens de suas unidades, o curso irá tratar, dentre outros temas, da regularização de doações, do controle de registro de bens móveis, da retirada de bens pela nova plataforma virtual, do laudo de avaliação para equipamentos informáticos inservíveis e outras questões levantadas pelos participantes.

terça-feira, 2 de abril de 2013

Lançado edital de mobilidade internacional para universidades portuguesas

A Diretoria de Relações Internacionais (DRI) divulga edital do programa de mobilidade internacional de bolsas Luso-Brasileiras (Santander universidades). A seleção é voltada a estudantes de graduação da UFF. Serão concedidas dez bolsas para o segundo semestre de 2013 (agosto a dezembro) ou para o primeiro semestre de 2014 (janeiro a julho).

--> Acesse o edital e os anexos.

Proaes divulga edital de cadastramento de projetos para Programa de Bolsa de Desenvolvimento Acadêmico

A Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (Proaes) divulga chamada de cadastros de projetos para o Programa de Bolsa de Desenvolvimento Acadêmico 2013-2014. O cadastramento poderá ser feito de 1º a 30 de abril e será apenas on-line, pelo site www.sistemas.uff.br/bolsas.

Professores da UFF, com título de doutor ou mestre, também poderão cadastrar seus projetos ou participar como colaboradores.

Outras informações em www.proaes.uff.br.