quarta-feira, 29 de abril de 2015

Cine Arte UFF divulga programação de 30 de abril a 6 de maio

Jéssica Rocha (Estagiária de Jornalismo)

Já está disponível a programação de 30 de abril a 6 de maio do Cine Arte UFF. O filme brasileiro “Um Sonho Intenso” continua em cartaz e outros três longas-metragens completam a semana.

Em “Se Fazendo de Morto”, de 2013, Jean é um ator de 40 anos que mal consegue um emprego. Sua única chance é interpretar o morto na reconstituição de um violento crime, mas Jean começa a se meter nas investigações e bate de frente com a juíza. O filme será exibido às 15h.

Exclusivamente no dia 30 de abril, o longa brasileiro “Um Sonho Intenso” será exibido às 17h40, de 1º a 6 de maio, com exibições às 19h20. O filme aborda as transformações do processo socioeconômico brasileiro pontuado por interpretações de um grupo de economistas e historiadores. No dia 30, às 19h30, o diretor do longa, José Mariani, estará no Cine Arte UFF para debater sobre o filme.

Estarão presentes no debate o professor de História da UFF Jorge Ferreira e a professora de Economia da UFF Lérida Povoleri. Serão sorteados exemplares dos livros “João Goulart: uma Biografia”, de Jorge Ferreira, e “1964”, de Jorge Ferreira e Angela de Castro Gomes, com apoio da Editora Record.

“O Ano Mais Violento” será exibido a partir de 1º de maio, na sessão das 17h. O filme retrata um dos invernos mais violentos da história de Nova York, onde o imigrante Abel Morales e sua esposa Anna tentam prosperar nos negócios, mas não conseguem escapar da corrupção, decadência e brutalidade que dominam a região. A produção ganhou o Prêmio de Melhor Filme de 2014 pelo National Board of Review dos Estados Unidos.

Às 21h20 será exibido o filme “Club Sandwich”. Quando Hector conhece Jazmin, uma adolescente com quem ele descobre os primeiros lampejos do amor e da sexualidade, Paloma entra em crise. Um filme sobre a dificuldade de uma mãe ver seu filho crescer.

Os ingressos custam R$ 12 (inteira) e R$ 6 (meia). Às segundas-feiras, o preço é promocional para todos: R$ 4. O Cine Arte UFF fica na Reitoria, Rua Miguel de Frias, 9, Icaraí, Niterói.

Instituto de Letras realiza curso sobre sociolinguística do galego

Jéssica Rocha (Estagiária de Jornalismo)

O Núcleo de Estudos Galegos do Instituto de Letras da UFF organiza o curso de extensão Aproximação à Situação Sociolinguística Atual do Galego. As aulas serão às terças-feiras, de 5 de maio a 9 de junho, no Instituto de Letras, Campus do Gragoatá, Bloco C, sala 214, São Domingos, Niterói.

O curso terá duração de 10 horas e será ministrado pelo professor Denis Vicente Rodríguez, do Programa de Estudos Galegos da Uerj. A inscrição é gratuita e pode ser feita pelo e-mail nueguff@vm.uff.br.

Inscrições abertas para curso do Programa Idioma sem Fronteiras

Fernanda Atalla (Estagiária de Estudos de Mídia)

O Programa Idiomas sem Fronteiras – Inglês abriu inscrições até às 12h de 6 de maio para cursos presenciais gratuitos. Com turmas de até 20 alunos, o curso disponibilizará aulas entre duas a quatro vezes na semana.

As inscrições devem ser feitas no sistema Inglês sem Fronteiras (IsF) em isfaluno.mec.gov.br. Podem participar alunos de graduação, mestrado e doutorado da UFF que tenham realizado e já recebido o resultado do TOEFL ITP por meio do IsF. O corpo docente é formado por licenciandos e licenciados de Letras-Inglês.

O status da inscrição será divulgado em 11 de maio, às 12h, por e-mail. As aulas têm início a partir do dia 18 de maio.

O edital, junto com outras informações, está disponível em http://isf.mec.gov.br/ingles/todas-as-noticias/81-edital-aberto-para-cursos-presenciais-inclui-alunos-e-servidores.

Oportunidade!!!

UFF abre inscrições para dois editais de bolsas de mobilidade internacional

Renata Cunha

A Superintendência de Relações Internacionais (SRI) lançou dois editais para programas de mobilidade internacional voltada a estudantes brasileiros de graduação, para os períodos letivos de 2015.2 e 2016.1: as Bolsas Luso-Brasileiras Santander Universidades e Bolsas Ibero-Americanas Santander Universidades.

No programa ibero-americano, estão previstas 15 bolsas, no valor de R$ 9.624,60, sendo sete para a Espanha, três para o México e cinco para Portugal. Para as bolsas luso-brasileiras, haverá dez bolsas para universidades portuguesas, no valor de R$ 10.587,06. As vagas serão distribuídas pelo comitê de bolsas da SRI, considerando os critérios de cada edital e as opções dos interessados. Os alunos devem verificar na instituição de interesse se ela tem convênio com a UFF para o curso desejado.

Os candidatos devem se inscrever pelo site do Santander, até o dia 10 de maio, e pela página da SRI, até às 12h do dia 11 de maio. É fundamental se inscrever nos dois sites para permanecer na seleção. Os pré-requisitos e critérios de seleção podem ser consultados nos editais disponíveis em http://www.aai.uff.br/. Outras informações podem ser obtidas pelo e-mail mobilidadeout@aai.uff.br.

Inscrição para Bolsas Luso-Brasileiras Santander Universidades
Site do Santander: http://www.santanderuniversidades.com.br/bolsas/Paginas/bolsas-luso-brasileiras.aspx.

Site da SRI da UFF: http://www.mobilidadeluso.uff.br.

Inscrição para Bolsas Ibero-Americanas Santander Universidades
Site do Santander: http://www.santanderuniversidades.com.br/bolsas/Paginas/bolsas-ibero-americanas.aspx.

Site da SRI da UFF: http://www.mobilidadeiberoamericana.uff.br.

segunda-feira, 27 de abril de 2015

Evento de Relações Internacionais simulará encontro diplomático da ONU

Amanda S. Costa (Estagiária de Jornalismo)

A UFF, em parceria com a Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (Proaes) e o Instituto de Estudos Estratégicos (Inest) da UFF, promoverá o primeiro encontro “SeVim – Sérgio Vieira de Mello Modelo das Nações Unidas”. O encontro é uma iniciativa dos estudantes de Relações Internacionais e permitirá aos discentes assumirem o posto de diplomatas, chefes de Estado ou governo em reproduções de comitês e organismos existentes, entre os dias 30 de abril e 3 de maio, no Campus do Gragoatá, Bloco A, São Domingos, Niterói.

O evento é aberto a estudantes de ensino médio e superior e visa proporcionar mais contato com uma pluralidade de temas ligados às relações internacionais. Pautas como o futuro do mercado mundial de petróleo e a Guerra Civil em Angola serão discutidas em mesas de debates por 143 participantes, que terão a oportunidade de ouvir também especialistas de cada área. Aos inscritos, será oferecido transporte gratuito.

Inscrições pelo site www.sevimnu.com.

Memória & Informação

No dia 29 de abril, às 14h30, Eustáquio Reis, coordenador do Projeto Memória Estatística do Brasil e pesquisador do IPEA, e Gabriela Carvalho, pesquisadora do Projeto Memória Estatística do Brasil e professora de História Econômica na PUC – Rio e da FGV, falam na Fundação Casa de Rui Barbosa (FCRB) sobre a “Memória Estatística do Brasil na biblioteca do Ministério da Fazenda no Rio de Janeiro”.

O projeto de memória estatística, uma parceria da Superintendência Regional do Ministério da Fazenda no Rio com o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) e o Internet Archive (IA), busca selecionar, documentar, organizar e republicar, em formato digital, as estatísticas históricas do Brasil dos séculos XIX e XX. O encontro apresentará o desenvolvimento da pesquisa, além de discutir sua ampliação através de plataformas colaborativas.

A palestra, com entrada franca, faz parte da série quinzenal Memória & Informação e será na sala de cursos da FCRB.

História e Culturas Urbanas

Rio de Janeiro teatral

A Fundação Casa de Rui Barbosa (FCRB), em parceria com a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), recebe a palestra “Quando o Rio se divertia diferente: vida teatral na época de Martins Pena”, proferida pelo pesquisador Antonio Herculano Lopes (História/FCRB). O evento acontece no dia 28 de abril, às 18h, na sala de cursos, com entrada gratuita.

Ementa: A historiografia teatral considera que o nascimento do teatro brasileiro se dá em fins dos anos 1830 e nos anos 1840, quando em torno da figura de João Caetano aparecem as primeiras tragédias e comédias de autores nacionais. Mas como era a experiência de ir ao teatro naquela época? Em folhetim mantido no Jornal do Commercio entre 1846 e 1847, Martins Pena nos dá um quadro bastante vívido daquela que era a principal diversão dos fluminenses dos extratos médios e altos da população.

A apresentação faz parte da série História e culturas urbanas que acontece na última terça-feira de cada mês. A próxima edição será no dia 26 de maio, no mesmo horário, com a pesquisadora Jane Santucci, da Escola de Belas Artes da UFRJ, falando sobre o Rio de Janeiro nas crônicas dos anos de 1920.

sexta-feira, 24 de abril de 2015

UFF Mulher promove seminário sobre gênero e violência doméstica

Em comemoração do Dia Nacional da Mulher, celebrado em 30 de abril, o programa de extensão UFF Mulher irá realizar o 3º Seminário de Relações de Gênero e Violência Doméstica na Prática Institucional, nos dias 28 e 29 de abril. Com o tema “Interfaces do Judiciário e Redes de Atendimento”, o evento, realizado em parceria com o Juizado Especial de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher de Niterói, ocorre das 17h às 21h, na Faculdade de Economia, Campus do Gragoatá, Bloco F, São Domingos, Niterói.

Primeira promotora no Brasil a aplicar a Lei Maria da Penha, Lindinalva Rodrigues, do Tribunal de Justiça do Mato Grosso, abre o seminário com a conferência “Violência Doméstica: Vulnerabilidades e Desafios na Intervenção Criminal e multidisciplinar”, no dia 28 de abril, às 17h. Em seguida, a partir das 18h, terá início a mesa-redonda “Rede de Proteção e Atendimento à Mulher Vítima de Violência Doméstica: Ações e Enfrentamento”, que traz nomes de diferentes áreas para discutir a temática proposta.

No dia 29 de abril, a professora da UnB e ex-secretária de Políticas para Mulheres Lourdes Maria Bandeira irá apresentar a conferência “Relações de Gênero e Violência Doméstica contra a Mulher”, a partir das 17h. Fechando a programação, a mesa “A Aplicação da Lei 11.340 nos Casos de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher: da Teoria à Prática” discutirá, dentre outros temas, a aplicação da Lei Maria da Penha nos casos de relacionamentos homoafetivos, com a participação da transexual Bianca Figueira, membro da Comissão de Direito Homoafetivo da Ordem dos Advogados do Brasil.

Outras informações pelos telefones 2629-5192 e 2629-5193 ou pelo e-mail uffmulher@gmail.com.

UFF abre inscrições para Curso de Mediação Escolar e Comunitária

Mia Nascimento (Estagiária de Jornalismo)

A Pró-Reitoria de Extensão, por meio da Coordenação do Programa Preparatório para o Ensino Superior, no Campus de Rio das Ostras, abre inscrições para a seleção de candidatos ao Curso de Mediação Escolar e Comunitária. A inscrição deve ser realizada pela internet no site http://www.puro.uff.br/ no período de 15/04 a 27/04.

Acesse a ficha de inscrição

O curso será realizado na modalidade ensino à distância e ocorrerá de 01/06 a 04/10 com carga horária de 120 horas. O processo seletivo e o curso são gratuitos. Serão oferecidas 100 vagas distribuídas em duas turmas (A e B).

Confira o edital

As aulas virtuais serão organizadas em sete módulos e, ao final do curso, quem obtiver a média final igual ou superior a sete e frequência suficiente (75%) receberá o certificado de conclusão de curso. As tarefas e atividades serão realizadas através da plataforma Moodle.

A divulgação dos resultados do processo seletivo será feita no site http://www.puro.uff.br/ no dia 25 maio.

SQVS disponibiliza questionário sobre barreiras atitudinais

Patrick Rosa (Estagiário de Jornalismo)

A Seção de Qualidade de Vida e Saúde do Servidor (SQVS) da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas disponibilizou um formulário de pesquisa sobre barreiras atitudinais. O questionário é voltado para técnico-administrativos, docentes e alunos com deficiência e objetiva servir de base para novas ações da universidade.

As barreiras atitudinais são um conjunto de dificuldades que a pessoa com deficiência enfrenta nos espaços públicos geradas pelas atitudes e comportamentos dos indivíduos, impedindo o acesso de outras pessoas a algum local, quer isso aconteça de modo intencional ou não, como o uso indevido de vagas reservadas para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida e a obstrução de rebaixamentos de guia.

Acesse o formulário.

quarta-feira, 22 de abril de 2015

Cine Arte UFF divulga programação de 23 a 29 de abril

Patrick Rosa (Estagiário de Jornalismo)

A programação do Cine Arte UFF, de 23 a 29 de abril, já está disponível. As atrações do período são os filmes “Um Sonho Intenso”, “Nostalgia da Luz”, “O Estopim”, “ A Imagem que Falta” e “Mapa para as Estrelas”.

Em “Estopim”, de 2014, é retratado o caso do desaparecimento do pedreiro Amarildo de Souza, na Favela da Rocinha, Zona Sul do Rio de Janeiro. A obra será exibida somente no dia 23, às 19h30, e após a sessão haverá um debate com o diretor do filme, Rodrigo MacNiven.

Produção chilena de 2010 e vencedor do prêmio de melhor filme pela Associação Internacional de Documentaristas no ano seguinte, “Nostalgia das Estrelas” mostra a reunião de astrônomos no Deserto de Atacama para observar estrelas. O título será exibido às 15h30.

Já o brasileiro “Um Sonho Intenso”, de José Mariani, retrata as transformações do processo socioeconômico brasileiro, pontuado por interpretações de um grupo de economistas e historiadores que têm, em comum, o reconhecimento de que os avanços desde 1930 até os dias atuais não foram suficientes para eliminar algumas características fundamentais do subdesenvolvimento brasileiro. A película traz os depoimentos de Celso Amorim, Maria da Conceição Tavares e Luiz Gonzaga Belluzzo, dentre outros. O diretor José Mariani estará no Cine Arte UFF para debater o filme no dia 30, às 19h30.

O francês “A Imagem que Falta”, de Rithy Panh, se baseia no livro "L’Emination", de Christophe Bataille, e evoca o genocídio khmer, que dizimou a família do diretor e transtornou sua infância. Após anos de buscas por imagens ou fotos que exprimissem a dor e o sofrimento do período, ele resolveu criar suas próprias, na composição de um filme. Recebeu o prêmio de melhor filme da Mostra Um Certo Olhar, em Cannes 2013, e foi indicado ao Oscar 2014 como melhor filme em Língua Estrangeira. O longa será exibido às 19h20, de 24 e 29 de abril.

Em “Mapa para as Estrelas”, com Julianne Moore e Robert Pathinson, é retratada a busca pelo sucesso a partir das histórias entrelaçadas de atores que buscam o estrelato. A atriz Julianne Moore recebeu o prêmio de melhor atriz no Festival de Cannes do ano passado. O filme será exibido às 21h10.

O Cine Arte UFF fica na Reitoria, Rua Miguel de Frias, 9, Icaraí, Niterói.

Acesse a programação.

Atenção

Comunicamos que o evento de amanhã, dia 23/04, em comemoração aos 21 anos da Biblioteca Central do Gragoatá, está cancelado em virtude do estabelecimento de ponto facultativo pela UFF. Em breve divulgaremos nova data para o evento.

A BCG também não funcionará amanhã, voltaremos na sexta com as atividades normais.

Desde já agradecemos a compreensão de todos os usuários.

quinta-feira, 16 de abril de 2015

Coro Jovem da UFF - 21 anos da BCG

UFF realiza Sabadão do Leão no dia 18

Jorge Pessano

Alunos do curso de Ciências Contábeis realizarão no dia 18 de abril, das 9h às 15h, na Faculdade de Administração e Ciências Contábeis, o “Sabadão do Leão”. O evento, que existe há cinco anos e já beneficiou mais de mil pessoas, tem como objetivo orientar e tirar as dúvidas dos contribuintes que não possuem recursos técnicos e materiais para o preenchimento e transmissão da declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física 2015.

De acordo com o professor José Geraldo Abunahman, coordenador do MBA em Tributação e Contabilidade da UFF, cerca de 200 pessoas são esperadas durante o evento. Para ele, a iniciativa promoverá maior integração entre alunos, professores e sociedade, possibilitando ao contribuinte obter orientações importantes. Os alunos receberam treinamento e, agora, vão praticar o aprendizado adquirido, auxiliando a comunidade.

José Geraldo informou, também, que é fundamental para o interessado levar a documentação comprobatória dos rendimentos e gastos ocorridos no ano de 2014, bem como a informação dos seus bens e direitos. A iniciativa contará com a participação de estudantes, sob a orientação do professor de Tributação, Marcelo Adriano.

O “Sabadão do Leão” é gratuito e ocorrerá na Rua Mário Santos Braga, 30 – 8º andar, sala 805, Campus do Valonguinho, no Centro, em Niterói.

Grupo Boca que Usa se apresenta em Música aos Domingos do Cine Arte UFF

Jéssica Rocha (Estagiária de Jornalismo)

A série Música aos Domingos recebe o grupo vocal Boca que Usa no dia 19 de abril, às 10h30, no palco do Cine Arte UFF, Rua Miguel de Frias, 9, Icaraí, Niterói. Esta será a primeira apresentação, em seu regresso ao Brasil, após ter sido premiado com duas medalhas de ouro no Concurso Internacional de Coros de Calella, “Canta al Mar”, na região da Catalunha, Espanha.

Nessa apresentação, o coro mostrará o repertório vencedor, apresentado no concurso da Europa, além de peças que já incluídas em seu repertório tradicional e novas, eruditas. Constam nesse concerto obras de Monteverdi, Rachmaninoff, Osvaldo Lacerda, Marcos Leite, Imant Raminsh, Julio Domingues, Lennon e McCartney, Tom Jobim e Astor Piazzolla.

Em sua longa trajetória musical, Boca que Usa vem se destacando no cenário artístico pela ousada proposta de direção musical compartilhada e destacadas participações em concursos corais latino-americanos e europeus. Também recebeu seis medalhas de ouro conseguidas em destacados concursos no continente sul-americano.

A série Música aos Domingos é realizada quinzenalmente, com ingressos a R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia).

quarta-feira, 15 de abril de 2015

V Fórum de Bibliotecários do Rio de Janeiro

III Seminário de História do Direito e das Instituições Políticas

A Fundação Casa de Rui Barbosa (FCRB) promove no dia 17 de abril, das 11 às 19 horas, o III Seminário de História do Direito e das Instituições Políticas.

O evento reunirá alguns dos principais nomes da história do direito no Brasil, que se dedicarão a discutir as novas perspectivas da disciplina entre nós, entre projetos de pesquisa e comunicações, com ênfase para o direito público. A entrada é franca. Mais informações: 21 3289 8638.

::
Programação:

11h - Conferência:

Poder e representação cerimonial da justiça entre o Antigo Regime e o constitucionalismo.
Prof. dr. Arno Wehling (Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro)

14h - Mesa 1:

Mediador: José Almino de Alencar Neto (FCRB)

Engenharia institucional e modernização: a lógica periférica da história constitucional brasileira - Christian Edward Cyril Lynch (FCRB)
Ruralismos urbanos? Desafios para a história do direito - Aírton Cerqueira Leite Seelaender (UnB)
Revoltas populares, cidadania e direito no início da República: um plano de investigações - Ricardo Marcelo Fonseca (UFPR)

16h30 - Mesa 2:

Mediador: Charles Gomes (FCRB)

A política dos governadores e o regime constitucional da Primeira República - Andrei Koerner (Unicamp)
O parecer de Kelsen sobre a Constituinte brasileira de 1933-1934 - Gustavo Silveira Siqueira (Uerj)
O prestígio como fundamento de autoridade nos debates jurídico-políticos brasileiros: o caso do pensamento e da obra de Rui Barbosa nas discussões constituintes de 1933-1934 e 1946 - Ezequiel Abásolo (UCBA)
Entre ideologia e tradução: notas sobre "As ideias fora do lugar"- Samuel Rodrigues Barbosa (USP)

Cine Arte UFF divulga programação de 16 a 22 de abril

Jéssica Rocha (Estagiária de Jornalismo)

A nova programação do Cine Arte UFF, de 16 a 22 de abril, já está disponível. Serão exibidos filmes e documentário premiados durante essa semana, além de dois cineclubes no dia 16.

“Acima das Nuvens” será apresentado às 14h50, com classificação indicativa de 14 anos. O filme relata a história de Maria Enders, uma famosa atriz que fica perturbada com o fato de que uma jovem estrela de Hollywood, JoAnn, irá interpretar o papel que a fez famosa há 20 anos. Convidada a dividir o palco com a novata, uma insegura Enders viaja até os Alpes para ensaiar e conta com o apoio de sua assistente no confronto com seu passado. Kristen Stewart ganhou o prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante no César Awards 2015, com o papel de assistente nesse filme.

Com a ganhadora do Oscar de Melhor Atriz em 2015, Julianne Moore, no elenco, “Mapas para as Estrelas” conta os bastidores da vida de atores e aspirantes à profissão. O longa será exibido às 17h10, com classificação indicativa de 16 anos. Julianne Moore também recebeu o Prêmio de Melhor Atriz no Festival de Cannes 2014 por seu papel no filme.

Iniciando a exibição na sexta-feira, 17 de abril, às 19h20, "Nostalgia da Luz" apresenta astrônomos de todo o mundo que se reúnem para observar as estrelas, no Deserto de Atacama. Nessa região do Chile, a três mil metros de altitude, o calor do sol mantém os restos humanos intactos. Ao mesmo tempo em que os astrônomos pesquisam as galáxias em busca de vida extraterrestre, mulheres procuram seus parentes no deserto. Documentário de Patricio Guzmán, considerado um dos maiores documentaristas da história do cinema, a obra ganhou o título de Melhor Documentário no European Film Awards 2010 e Melhor Filme em 2011 pela Associação Internacional de Documentaristas.

Também exibido a partir do dia 17, na sessão de 21h10 e com indicação indicativa de 16 anos, "A Imagem que Falta" é realizado a partir do livro "L’Emination", de Christophe Bataille. O filme evoca o genocídio khmer, que dizimou a família do diretor Rithy Panh e transtornou sua infância. Após anos de buscas por imagens ou fotos que exprimissem a dor e o sofrimento do período, ele resolveu criar suas próprias, na composição de um filme que, segundo sua definição, “não é a imagem final, nem a busca de uma única imagem, mas a imagem objetiva de uma busca: a busca que o cinema permite”. Foi considerado o Melhor Filme da Mostra Um Certo Olhar em Cannes 2013 e indicado ao Oscar 2014 de Melhor Filme em Língua Estrangeira.

Somente no dia 16, às 19h20, o Cineclube Sala Escura apresenta "Bem Perto de Buenos Aires". O longa relata o pânico de moradores de um condomínio fechado na periferia de Buenos Aires, quando um buraco aparece na cerca que protege a propriedade.

O Cineclube Laerte também marca presença no Cine Arte UFF no dia 16. Em "Um Estranho no Lago", que será exibido às 21h, com classificação indicativa de 18 anos, retrata um lago que é usado como praia nudista por vários homens homossexuais em pleno verão. Franck, um dos frequentadores mais assíduos, se apaixona por Michel, um novato no lago, sem saber que ele é uma pessoa perigosa. O longa ganhou o Prêmio de Direção da Mostra Un Certain Regard no Festival de Cannes 2013 e o Prêmio César 2014 de Ator Mais Promissor, com Pierre Deladonchamps.

Os ingressos custam R$ 12 (inteira) e R$ 6 (meia). Às segundas-feiras, o preço é promocional para todos: R$ 4. O Cine Arte UFF fica na Reitoria, Rua Miguel de Frias, 9, Icaraí, Niterói.

terça-feira, 14 de abril de 2015

Conferência A dialética de Yang-Mills-Shaw e os neutrinos sociais

A Fundação Casa de Rui Barbosa (FCRB) recebe a conferência A dialética de Yang-Mills-Shaw e os neutrinos sociais, ministrada pelo prof. dr. José Abdalla Helayël-Neto. O evento acontece no dia 15 de abril, às 15 horas, na sala de cursos da FCRB.

O professor falará sobre seu trabalho à frente do PVNC-Petrópolis, movimento social na área de educação comunitária ligado ao grupo de pesquisa de “Física e Humanidades”, do Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF/MCTI).

A proposta do curso PVNC-Petrópolis é incentivar o desenvolvimento do pensamento científico em jovens e adultos das classes populares na cidade serrana. O Pré-Vestibular Comunitário vai além do preparo para ingresso nas universidades públicas e se dedica a incluir seus alunos no universo do conhecimento e das ideias.

A palestra, mediada pela pesquisadora Isabel Lustosa, abordará os resultados positivos desse trabalho educacional que teve início em 1994. A apresentação do professor Abdalla será uma oportunidade para saber mais sobre história do projeto que, além de colaborar para a formação de muitos Mestres e Doutores, torna mais clara e perceptível relação da Ciência com a Sociedade.

:: Sobre o palestrante:
José Abdalla Helayël-Neto, natural de Rio Bonito - RJ, é Bacharel e Mestre em Física pela PUC - RJ e MPh e PhD em Física pela International School for Advanced Studies in Trieste, onde realizou a sua formação no Grupo de Pesquisa do Prof. Abdus Salam, Nobel de Física de 1979. No CBPF-MCTI, desenvolve pesquisa na área das Teorias para as Interações Fundamentais. Dedica-se também à Educação para as Ciências e é fundador e professor do PVNC-Petrópolis, núcleo de extensão cuja missão é motivar e formar novas gerações de cientistas oriundos das camadas mais pobres da população.

Espectadores y lectores frente a las pantallas: políticas para escenas emergentes

A Fundação Casa de Rui Barbosa (FCRB) convida para o evento “Espectadores y lectores frente a las pantallas: políticas para escenas emergentes”, com Ana Rosas Mantecón e Néstor Canclini*, no dia 16 de abril, às 17 horas, no auditório da FCRB.

A entrada é franca. Distribuição de senhas individuais a partir das 16h30. O evento será transmitido ao vivo pela internet.

Mesmo com as visões apocalípticas sobre o desaparecimento dos espectadores e leitores, hoje em dia, se veem mais filmes e se leem mais livros do que nunca. A novidade é a multiplicidade de formatos transmidiáticos, que se somam ao papel e as salas de cinema. Pouco sabemos sobre estas novas práticas e nossos esforços de pesquisa não se voltam a problematizar estes novos hábitos. Este quadro se repete quando identificamos que as políticas culturais estão focadas em cenários “pré-digitais” de promoção da leitura e de desenvolvimento do cinema nacional.

:: Ana Rosas Mantecón - antropóloga, professora e pesquisadora da Universidade Autonoma Metropolitana do México. É especialista em pesquisas sobre consumo cultural e recepção artística, com estudos sobre públicos de museus, cinema, televisão, rock, turismo cultural, representações do patrimônio arquitetônico em centros históricos, organizações que reúnem criatividade e inclusão social, assim como análises de políticas culturais urbanas. Seu próximo livro “Ir al cine. Antropologia de lós públicos” será publicado este ano pela editora Gedisa.

:: Nestor Garcia Canclini - professor na Universidade Autônoma Metropolitana do México. Foi professor visitante nas universidades de Austin, Duke, Nova Iorque, Stamford, Barcelona, Buenos Aires e São Paulo. Recebeu a bolsa Guggenheim e vários prêmios internacionais por seus livros, entre eles, o “book award de La Latin American Studies Association por Culturas híbridas, que foi publicado no Brasil pela EdUSP. Entre os livros editados no Brasil estão: Diferentes, desiguais e desconectados (UFRJ), Consumidores e Cidadãos (UFRJ) e A sociedade sem relato (EdUSP). Em 2014, recebeu o Prêmio Nacional de Ciências e Artes no México.

Os convidados falarão em espanhol. Sem tradução simultânea.

Série Arquivos Pessoais: Jorge de Lima - essência

A Fundação Casa de Rui Barbosa (FCRB) convida para a celebração do Dia Jorge de Lima. Composta por mesa-redonda e sarau de poesia, a homenagem ao escritor alagoano acontece no dia 16 de abril, quinta-feira, às 17 horas, na sala de cursos da FCRB (Rua São Clemente, 134 - Botafogo, RJ). A entrada é franca. Mais informações: 21 3289 8692.

:: Palestrantes convidados:
Leandro Garcia (doutor e pós-doutor em Estudos Literários pela PUC-Rio) - Jorge de Lima & Alceu Amoroso Lima – Quando tempo e eternidade se encontram na correspondência;
Claufe Rodrigues (Globo News Literatura) - Jorge de Lima, o mais modernista dos modernistas;
Maria de Andrade (doutor em Estudos Literários pela PUC-Rio) - Cartas de navegação para Invenção de Orfeu, de Jorge de Lima.

:: Sarau:
Mônica Montone, Mano Melo, Salgado Maranhão, Adriano Espínola, Tanussi Cardoso, Eduardo Tornaghi, David Cohen, Laura Liuzzi, Cristiano Menezes, Alexandra Maia, Eud Menestrel e Claufe Rodrigues.

:: Jorge de Lima:
O escritor nasceu em União dos Palmares, Alagoas, em 23 de abril de 1895. Tornou-se poeta, romancista, contista, jornalista, ensaísta e crítico. Formou-se em medicina e foi deputado estadual, em Alagoas, e vereador, no Rio de Janeiro. Participou do movimento modernista no nordeste a partir de 1925. Como poeta, Jorge de Lima partiu de um lirismo neoparnasiano, acentuando pela escolha do soneto. A partir de 1925, porém, aderiu ao modernismo, o que provocou uma reorientação da sua poesia para novas formas e a brasilidade. É dessa fase o poema "Essa nega Fulô" (1928). Outra nova orientação de sua obra se deu a partir de 1935 com a conversão ao catolicismo. Em 1930, Jorge de Lima mudou-se para o Rio de Janeiro, passando a clinicar em um consultório na Cinelândia, famoso por reunir intelectuais e amigos, como Murilo Mendes, com quem escreveu Tempo e eternidade (1935). Jorge de Lima foi também artista plástico, tendo publicado o álbum de fotomontagem A pintura em pânico. Em 1952, foi publicada aquela que foi considerada a obra maior de Jorge de Lima, A invenção de Orfeu, extenso poema de tom épico que traduz em heroicidade a tarefa do poeta. Entre suas obras estão ainda: Calunga (1935, romance), Livro de sonetos (1949, poemas) e Guerra dentro do beco (1950, romance). Faleceu no Rio de Janeiro, RJ, em 16 de novembro de 1953.

TUDO BLUES FESTIVAL no Teatro da UFF

O TUDO BLUES FESTIVAL tem a proposta de mostrar vários estilos do blues, além de referências do jazz e do rock, ritmos que surgiram através do blues.

O Teatro da UFF traz ao público, durante oito dias, músicos e bandas nacionais que diretamente representam o blues aqui no Brasil ou tem no seu repertório influências do blues.

O Blues tem origem nas raízes musicais e na memória oral dos griots – contadores de histórias – dos cantos e danças dos povos da África. Um gênero marcado na história do sul dos Estados Unidos (do final do século XIX) e combinado com a música europeia-americana, que se traduz num canto melancólico e na poesia simples dos escravos das plantações de algodão que usavam para embalar suas jornadas de trabalho. Em temas populares – como religião, amor, sexo, traição e trabalho – eles expressavam seus sofrimentos, angústias e tristezas.

O blues, ao longo do tempo, foi se fragmentando em tendências e sonoridades de seus intérpretes, ora mantendo as tradições acústicas, ora conduzido para território jazzy.

O som eletrônico produziu novos e diferentes estilos, como: o Delta Blues, o Jump Blues, o Texas Blues, o Rhythm and Blues e o Country Blues, entre outros.

Na programação do TUDO BLUES FESTIVAL estão:

16 de abril – Quinta-feira | 21h

GLAUCUS LINX & ANCESTRAIS FUTUROS – Convidado: Altay Veloso

17 de abril – Sexta-feira | 21h

MAURÍCIO SAHADY

18 de abril – Sábado | 21h

BIG GILSON

19 de abril – Domingo | 20h

VICTOR BIGLIONE

23 de abril – Quinta-feira | 21h

CRISTIANO CROCHEMORE & BLUES GROOVERS

24 de abril – Sexta-feira | 21h

SOULSHINE JAM BAND

25 de abril – Sábado | 21h

BIG JOE MANFRA

26 de abril – Domingo | 20h

BLOODY MARY & THE MUNSTERS

Serviço:
16, 17, 18, 19, 23, 24, 25 e 26 de abril
Quinta a sábado 21h / Domingo 20h
Ingresso: R$ 30,00 (inteira) R$15,00 (estudantes, maiores de 60 anos, menores de 21 anos e pessoas com deficiência)
Censura: Livre
Teatro da UFF – Rua Miguel de Frias, 9, Icaraí, Niterói, RJ – Tel.: 3674-7511
Informações: 3674-7512

sexta-feira, 10 de abril de 2015

OSN UFF apresenta Série Alvorada

A Orquestra Sinfônica Nacional da Universidade Federal Fluminense se apresenta sob a regência do maestro convidado Antonio Henrique Seixas. O concerto conta também com a participação especial dos solistas Sérgio de Jesus (Trombone) e Flávio Melo (Trompete). No programa estão as peças Cantos Nordestinos (1975) – Gilberto Gagliardi, Brasiliana (1997) – João Guilherme Ripper, Suíte Monete (1994) – José Ursicino da Silva (Duda), Abertura Rio 450 Anos (2014) – Dimitri Cervo e Brasília – Episódio Sinfônico (2004) – Fernando Morais.

12 de abril às 10h30
Cine Arte UFF
Rua Miguel de Frias, 9, Icaraí, Niterói – RJ
Ingressos: R$ 10 (inteira), R$ 5 (meia)
Classificação: Livre
Informações: 3674-7512

Coral Brasil Ensemble no Teatro da UFF

Reabrindo a série Terças Eruditas, depois de quatro anos inativa, o Coral Brasil Ensemble, da UFRJ, se apresenta sob a regência de Maria José Chevitarese, com acompanhamento ao piano de Claudia Feitosa. O concerto acontece no Teatro da UFF e conta com um programa quase que inteiramente dedicado à música sacra. No repertório, estão as composições Kyrie, Sanctus e Agnus Dei da 6ª Missa, de Francisco Mignone, Stabat Mater, de Antonio Vaz (tendo como solistas a soprano Michele Ramos e o tenor Zangerolame Tabosa), O magnum mysterium, de Mortem Lauridsen, Magnificat, de João Guilherme Ripper (tendo como solistas a soprano Michele Ramos, a mezzo-soprano Vivian Frós e o barítono Marcelo Coelho), Ave Maria (a dois coros), de Franz Biebl, Nunc Dimittis (para coro misto a seis vozes), de Roberto Macedo Ribeiro, Canção do barco, de Ricardo Tacuchian (com poema de Mario Quintana), Não queiras ser, de Dimitri Cervo (com poema de Cecilia Meireles), Preamar (para coro misto e coro infantil), de João Guilherme Ripper, e Aleluia, de Ernani Aguiar.

14 de abril às 20h
Teatro da UFF
Rua Miguel de Frias, 9, Icaraí, Niterói – RJ
Duração: 70 min
Ingressos: R$ 10 (inteira), R$ 5 (meia)
Classificação: Livre
Informações: 3674-7512

11ª Feira das Editoras Universitárias: títulos com 50% de desconto

Patrick Rosa (Estagiário de Jornalismo) / Divulgação Eduff

A UFF promove, de 13 a 17 de abril, no Bloco A do Campus do Gragoatá, a 11ª Feira das Editoras Universitárias. O evento é aberto ao público, a entrada é franca e todos os títulos serão comercializados com 50% de desconto.

A feira objetiva viabilizar o acesso ao livro acadêmico a alunos, professores e pesquisadores e funcionará, na segunda, das 12h às 19h e de terça a sexta, das 10h às 19h. Além da Editora da UFF (Eduff), participam do projeto as editoras da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e também as editoras da Universidade Estadual Paulista (Unesp) e da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

A Eduff levará para esta edição da feira títulos como “O Romance Dom Casmurro de Machado de Assis” (edição crítica e comentada), de Maximiano de Carvalho e Silva, e a coletânea “Prostituição e Outras Formas de Amor”, organizada por Soraya Silveira Simões, Hélio R. S. Silva e Aparecida Fonseca Moraes.

Entre os lançamentos apresentados pela Editora da UERJ, tem destaque as coletâneas “Dimensões e fronteiras do Estado Brasileiro no Oitocentos”, organizada por José Murilo de Carvalho e Lucia Maria Bastos P. Neves e “Estratégias Educacionais Diferenciadas para Alunos com Necessidades Especiais”, organizada por Rosana Glat e Denise Pletsch.

Já a UFRJ traz para o evento, entre outros, os livros “Os Oito Batutas: História e Música Brasileira nos Anos 1920”, de Luiza Mara Braga Martins e "Todos os olhos: Videovigilâncias, Voyeurismos e (Re)produção Imagética", de Bruno Vasconcelos Cardoso.

Outras informações na página da Eduff em http://www.editora.uff.br/.

quarta-feira, 8 de abril de 2015

Concursos para professor da UFF: inscrições até 15 de abril

Mia Nascimento (Estagiária de Jornalismo)

Estão abertas até 15 de abril as inscrições de concursos públicos da Universidade Federal Fluminense para a carreira de magistério superior (Classe Adjunto A). O Edital 75/2015 oferece 29 vagas para 26 áreas do conhecimento. As provas serão realizadas no mês de maio.

Confira as vagas disponíveis.

Para se candidatar, os interessados devem acessar o site https://sistemas.uff.br/cpd. Outras informações no mesmo endereço eletrônico ou pelos telefones 2629-5272 e 2629-5253, das 10h às 16h.

Acesse as páginas do edital publicado no Diário Oficial da União: 1, 2, 3 e 4.

Edital para Professor Titular-Livre do Magistério Superior é retificado

Jéssica Rocha (Estagiária de Jornalismo)

O Edital 206/2014 para cargo de Professor Titular-Livre do Magistério Superior da UFF foi retificado. As inscrições estarão abertas de 6 de abril a 6 de julho.

Para a solicitação, os candidatos devem possuir título de doutor e dez anos de experiência ou de obtenção do título, ambos na área/subárea do conhecimento escolhida no momento da inscrição, que pode ser feita em https://sistemas.uff.br/cpd.

Documentos necessários, quantidade de vagas nas áreas do conhecimento e outras informações estão disponíveis no anexo.


segunda-feira, 6 de abril de 2015

Cine-debate com o documentário ‘A Lei da Água’

Amanda S. Costa (Estagiária de Jornalismo)

Eleito o melhor filme pelo público na Competição Latino-Americana da 4ª Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental, o documentário brasileiro “A lei da água”, dirigido por André D’Elia, expõe a relação entre o novo Código Florestal aprovado em 2012 e a crise hídrica brasileira. A exibição ocorrerá dia 9 de abril, às 16h, no Auditório Milton Santos, Avenida General Milton Tavares de Souza, Campus da Praia Vermelha, Boa Viagem, Niterói.

O filme estreou no dia 30 de março em seis capitais brasileiras graças a uma campanha de “crowdfunding”, contando com a contribuição voluntária de internautas interessados em financiar o projeto de maneira colaborativa. O evento, especialmente voltado para docentes e discentes do curso de graduação em Ciência Ambiental, será presidido pela coordenadora do evento, a professora Patricia Almeida Ashley. Gratuito e aberto ao público.

Outras informações no site https://aleidaaguafilme.wordpress.com/.

100 anos de instalação da Escola de Biblioteconomia no Brasil: 1915-2015


Saiba mais.

Fonte: Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - UNIRIO

Depois de junho: movimentos, impasses e novas instituições

A Fundação Casa de Rui Barbosa (FCRB) e a Universidade Nômade promovem, ao longo de 2015, o colóquio "Depois de junho: movimentos, impasses e novas instituições". O segundo encontro da série acontece no dia 9 de abril, quinta-feira, às 18 horas, na sala de cursos da FCRB. A entrada é franca.

II Colóquio:

:: A corrupção da democracia

Palestrantes: Giuseppe Cocco (UFRJ e Universidade Nômade), Luiz Eduardo Soares (Antropólogo – Uerj), Vera Rodrigues (Psicanalista) e Diogo Coelho (Jornalista).

Sobre os colóquios: Série iniciada em 2008. As primaveras árabes abriram um longo ciclo de revoluções e levantes que passaram por Grécia, Espanha, Estados Unidos, Turquia, Kiev e Brasil. Quando os movimentos pareciam ter perdido fôlego, surge na Grécia o Syriza que ganha as eleições. Na Espanha, uma formação de novo tipo – o Podemos – mostra-se capaz de ganhar as próximas eleições. Esse quadro nos sugere algumas questões:
Estamos diante de uma nova forma de partido, de um partido-movimento ou apenas do refluxo dos movimentos dentro de formas de representação apenas superficialmente novas?
No Brasil, o governo reeleito tem grandes dificuldades para manter suas promessas eleitorais e implementa um ajuste fiscal de tipo neoliberal. O horizonte é o da volta do movimento de junho ou da multiplicação de iniciativas no sentido da invenção de novas formas institucionais?

Organizado por Giuseppe Cocco (PPGCO/UFRJ e Universidade Nômade), Mauricio Siqueira (FCRB) e Barbara Szaniecki (Uerj e Uninômade).

quarta-feira, 1 de abril de 2015

Aula Magna do PPGMC abordará produção teórica

Amanda S. Costa (Estagiária de Jornalismo)

A Aula Magna 2015 do Programa de Pós-Graduação em Mídia e Cotidiano (PPGMC) da UFF apresenta o tema “A Influência da Cultura Contemporânea na Produção Teórica”. Apresentado pelo professor e pesquisador da Universidade de Brasília (UnB) Luiz Claudio Martino, o evento, aberto a professores, pesquisadores, alunos e demais interessados, ocorre no dia 6 de abril, às 18h.

O professor Martino tem formação multidisciplinar nas áreas de psicologia, comunicação e sociologia. Seus trabalhos da UnB envolvem teoria, História e epistemologia da comunicação e pesquisas em novas tecnologias de comunicação. A Aula Magna será no Auditório Interartes do Instituto de Arte e Comunicação Social, Rua Professor Lara Vilela, 126, São Domingos, Niterói.

Outras informações pelo site do programa (www.ppgmidiaecotidiano.uff.br) ou pelo e-mail ppgmc@vm.uff.br.

Memória & Informação

Reconstruir o Rio de Janeiro através de fotografias e mapas, este é um dos objetivos da pesquisa da arquiteta italiana Maria Pace Chiavari. A doutora em urbanismo ministrará a palestra “O plano visual de uma capital em transformação. O retrato do Rio de Janeiro nos álbuns fotográficos governamentais (1906-1922)”, no dia 8 de abril, às 14h30, na sala de cursos da Fundação Casa de Rui Barbosa. A entrada é franca.

Ementa: A linha principal da pesquisa consiste em demonstrar o papel desenvolvido pela imagem no discurso da história urbana e dessa forma “transformar as artes visuais em urbanismo” (G. C. Argan). A leitura das imagens fotográficas urbanas contidas em álbuns produzidos pelo governo republicano e sua contextualização em mapas de referência permitem reconstruir o plano visual da Capital Federal realizado sob a gestão do novo regime, durante as primeiras duas décadas do século XX.

Os álbuns selecionados são Av. Central, 8 de março de 1903 - 15 de novembro de 1906, de Marc Ferrez, Vues de Rio de Janeiro – Brésil (~1910) Phot. Musso, e Álbum da Cidade do Rio de Janeiro comemorativo do 1º Centenário da Independência do Brasil 1822-1922. Augusto Malta, Huberti & Baer, S. Hygas, Bippus, Lopes e outros autores.

Sobre a palestrante: Maria Pace Chiavari é italiana, formada em arquitetura pela Faculdade de Arquitetura de Florença (Itália) e Doutora em Urbanismo pelo PROURB (UFRJ). É autora de publicações relacionadas ao Rio de Janeiro como: “As transformações urbanas do século XIX” em O Rio de Janeiro de Pereira Passos (1895), “Novo olhar, nova tecnologia, o princípio da modernidade" em A paisagem desenhada: O Rio de Janeiro de Pereira Passos (1994) e o livro “Rio Preservação e Modernidade” (1998).